Peças para o próximo leilão

116 Itens encontrados

Página:

  • Bertrand-Georges de Bayle (França, 1788-1851). FLORES. Óleo sobre tela. 42 x 32 cm. Assinado cid.
  • Armando Balloni (Itália, 1901 - São Paulo/SP, 1969). ILHA FISCAL. 1954. Parte do album serigráfico RIO A. BALLONI, com prefácio de Origenes Lessa. Desta obra foram tirados 100 exemplares numerados de 1 a 100, e 26 hors-commerce, rubricados de HC-A até HC-Z, todos assinados pelo autor. Exemplar HC-H. Indice das gravuras: 1. Outeiro da Glória; 2.Largo do Boticário; 3. Beco João Inácio; 4. Mangue; 5. Arco dos Teles; 6. Ilha Fiscal. Sem moldura.
  • Bruno Lechowski (Polônia, 1887 - Rio de Janeiro, 1941). PAISAGEM URBANA DA ZONA OESTE. Aquarela sobre cartão colado na madeira. Participou da Exposição Póstuma do artista em 1942 no Museu Nacional de Belas Artes. Sem assinatura. Moldura Kaminagai. No verso: cachet da EXPOSIÇÃO POSTHUMA DE BRUNO LECHOWSKI / Quadro no. 159 / Autor: Bruno Lechowski / Assinado por (ilegível) + Carimbo com os seguintes dizeres: La Légation de Pologne certifie par la présente que ce tableau est un oeuvre autentique du defunt peintre Bruno Bronislaw Lechowski. L´oeuvre en question fut executé en ____ aproximativement. Rio de Janeiro, 12 jui 1942. Assinado pelo Sr. Kazimierz Zaniewski / Secrétaire de la Legation de Pologne.
  • Giuseppe Pasquale Perissinotto (Itália, 1881 - São Paulo/SP, 1965). NATUREZA MORTA COM FRUTAS. Sem data. Óleo sobre tela. 39 x 44 cm. Assinado G. Perissinotto (cid). Dois pontos imperceptíveis de restauração. Em ótimo estado de conservação. Ricamente emoldurado. Aluno do grande Giovanni Fattori, em Florença, e professor do Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, Perissinotto foi o responsável, em 1928, pela decoração do grande teto circular do Cine-Teatro Oberdan, atual Lojas Zelo, no bairro operário do Brás, infelizmente desaparecida.
  • Oscar Tecídio (Rio de Janeiro/RJ, 1926-1995). O IMPETUOSO SUDOESTE. 1986. Óleo sobre eucatex, 38 x 46 cm. Assinado e datado no canto inferior direito 1984. Titulado e assinado no verso.
  • Dionisio del Santo (Colatina/ES, 1925 - Vitória/ES, 1999). SEM TÍTULO. Sem data. Óleo sobre tela. 46 x 39 cm. Assinado no verso D. Del Santo. Pequena perda de camada pictórica, restaurada. Provável obra dos anos 1960, momento em que o artista converte o espaço pictórico em campo para suas experimentações geométricas abstratas.
  • Arthur Timotheo da Costa (Rio de Janeiro/RJ, 1882 - 1922). NATUREZA MORTA COM PEIXES. 1922. Óleo sobre tela. 50 x 70 cm. Assinado Art Timotheo 1922 (cie). Ricamente emoldurado em provável moldura Kaminagai. Produzida em seu último ano de vida, essa natureza morta bem traduz a execução ágil, quase expressionista, que caracterizam esse genial pintor brasileiro.
  • Armando Leite. REGATA E NAVIO DE GUERRA NO RIO DE JANEIRO. Óleo sobre madeira. 27 x 41 cm. Sem assinatura. Rachaduras no cse, conforme ilustrado. Placa na moldura com a inscrição A. LEITE. Ex-libris de Léo Gonçalves Damasio colado no verso. Ricamente emoldurado.
  • Virgílio Lopes Rodrigues (Recife/PE, 1863 - Rio de Janeiro/RJ, 1944). REBENTAÇÃO NA BEIRA DE PRAIA. Óleo sobre madeira, 21 x 38 cm. Assinado Virgilio L R (cie). Datilografado no verso: "REBENTAÇÃO NA BEIRA DE PRAIA" f=69. Pequenas rachaduras na pintura no cse.
  • Oscar Tecídio (Rio de Janeiro/RJ, 1926 - 1995). PAISAGEM SERRANA. 1973. Óleo sobre eucatex. 33 x 41 cm. Assinado Oscar Tecidio 973 (cid). Ricamente emoldurado. Moldura com pequeno lascado no cie. Esta obra recebeu a medalha de bronze no Salão de Belas Artes da Tijuca de 1974.
  • Ney Tecídio (Rio de Janeiro/RJ, 1929). ESTALEIRO. 1977. Óleo sobre eucatex. 22,5 x 35 cm. Assinado Ney Tecidio (cid). No verso, a mão: "Estaleiro 1977" sobre papel colado com biografia do artista.
  • Célia Shalders (Rio de Janeiro/RJ, 1934). PAX TERREUS 2001 6. 1972. Água-forte sobre papel. Tiragem 1/10. Assinado Celia Shalders 72 (cid).
  • Roberto Magalhães (Rio de Janeiro/RJ, 1940). EXTERMÍNIO DAS MALDADES. 1963. Xilogravura 1/20. 25 x 36 cm. Assinado Roberto Magalhães / 1963 (cid). Titulado no centro. Trabalho do início da carreira desse grande artista brasileiro.
  • Roberto Magalhães (Rio de Janeiro/RJ, 1940). UM CASTIGO MERECIDO. 1963. Xilogravura 1/20. 30 x 38 cm. Assinado Roberto Magalhães / 1963 (cid). Titulado no centro. Trabalho do início da carreira desse grande artista brasileiro.
  • Dionísio del Santo (Colatina/ES, 1925 - Vitória/ES, 1999). ESPAÇO CUBOS / PERMUTA XXXI. 1974. Serigrafia. 55 x 40 cm. Assinado D. del Santo 1974 (cid).
  • Autor desconhecido. CAVALO E LUA. Sem data. Guache sobre papel. 20,7 x 34,5 cm. Sem assinatura. Sem passepartout. Não possui moldura.
  • Autor desconhecido (Brasil, século XX). CENA NÁUTICA - VELAS E BANDEIRAS DO BRASIL. Óleo sobre eucatex. 41 x 33 cm. Sem assinatura. Excepcional trabalho de artista brasileiro. Moldura em perfeito estado de conservação.
  • Oratório de alcova rústico de madeira com 2 portas. Abas laterais recortadas. Parte superior no formato de cruz. Dobradiças e couro pregado na madeira. Brasil, início do século XX? Perfeito estado de conservação. Medidas: h = 86; b = 40; p = 14 cm
  • Oratório de alcova neogótico em madeira com porta e laterais em vidro. Fundo decorado com papel florido. Brasil, anos 1920 C. Ótimo estado de conservação geral, á exceção da cruz, que foi colada. Etiqueta no verso da CASA N. S. DO CARMO / RIO, ex-Casa Schindler, a mais tradicional casa de artigos religiosos no Rio de Janeiro, ativa na primeira metade do século XX no numero 76 da Rua Uruguaiana. Medidas: h = 62; b = 30; p = 20 cm.
  • Oratório de alcova. Brasil, século XX. Madeira recortada e policromada. Decoração interna feérica e extravagante, feita com papéis e recortes multicoloridos. Apresenta no fundo um carimbo de inspeção na madeira, provavelmente de algum serviço nacional de inspeção agrícola. Medidas: h = 55; b = 32; p = 18 cm

116 Itens encontrados

Página: